Nívea Stelmann vive vítima de violência sexual no cinema: “Foi muito denso”. Durante os bastidores da Hora do Faro, atriz revelou ao R7 detalhes da personagem

05/07/2015

Fonte: site Hora do Faro

8kalp4ted9_6djvar2cf9_fileDurante os bastidores da Hora do Faro, Nívea Stelmann revelou ao R7 detalhes da personagem que vai viver em seu quarto longa-metragem, Alcunha.

No filme de Ricardo Rama, a atriz aparece nua, no papel de Débora, vítima de violência sexual praticada por um serial killer.

— Eu me dediquei muito, foi muito denso. Mas como eu estava trabalhando com um diretor que eu tenho uma super intimidade, que é o Ricardo Rama, e um ator supersensível, querido, que é o Luiz Guilherme, a gente conseguiu fazer uma cena bem bonita, bem real, e eu acho que ficou muito tranquilo.

— Quando o diretor escreveu esse roteiro, ele se baseou em sequestros em que a pessoa fica quinze anos sequestrada, em que te roubam a vida.

— Estar longe de sua família, perder seu rumo, perder quem é você, sua vaidade. Tudo isso foi bem dividido no filme.

No longa, a personagem fica sete meses reclusa em um cativeiro.

Com 41 anos recém-completados e um ano e três meses após dar a luz a sua segunda filha, a atriz contou que o momento que vive foi crucial para dar vida à personagem.

— Antes do sequestro a personagem estava com um bebê e o deixou em casa e isso para uma mãe é ‘surtante’, ainda mais agora que eu tive uma bebê. Sei o vínculo que é, principalmente quando você está amamentando, não consegue ir na esquina sem seu filho. Tudo isso foi ficando muito forte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>